segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Rabiu Ibrahim


O jovem nigeriano Rabiu Ibrahim, de 18 anos e júnior de 2º ano, integrou hoje os treinos do plantel principal do Sporting.

Com efeito, numa altura em que surgem notícias que apontam para dificuldades e claras divergências na tentativa de renovação do contrato deste jovem jogador, Carlos Carvalhal vai poder observar o desempenho de Rabiu e avaliar também todo o seu potencial.

Segundo o empresário do jogador (que, numa clara operação de charme, esteve este fim-de-semana em Lisboa, a convite do Sporting, para assistir ao derby de sábado), e após o jogador ter rejeitado duas propostas de renovação, a bola está novamente do lado do Sporting…

Neste sentido, os dirigentes do Sporting tinham e têm a obrigação de saber que contratar jogadores que foram revelações em Campeonatos do Mundo não é, evidentemente, a mesma coisa que contratar um jovem, com todo o respeito, ao União de Lamas ou ao Esperança de Lagos. Jogadores como Rabiu Ibrahim, Macauley Chrisantus (Hamburger SV - 19 anos), Romelu Lukaku (RSC Anderlecht - 16 anos), Toni Kroos (Bayern Munich - 19 anos) ou Gael Kakuta (Chelsea - 18 anos), entre outros, são já futebolistas profissionais com muito mercado e, dessa forma, nunca serão jogadores baratos. Se existem outros clubes que lhe oferecem contratos financeiramente muito mais vantajosos, e se os outros jogadores não o fazem, será o Rabiu Ibrahim a jogar no Sporting por amor à camisola?

A opção pela contratação deste tipo de jogadores, quando possível, acaba obviamente por se tornar bastante dispendiosa no curto prazo. Na minha opinião, o que não poderá acontecer é deixar essa aposta a meio e, mais uma vez, deixar sair um jogador com bastante potencial a custo zero!

2 comentários:

Anónimo disse...

´Treinou com a equipa...Se for o jogador que dizem ser acredito que o carvalhal aposte nele...até porque fazem falta jogadores para o meio campo ofensivo...Se houver aposta há renovação de contrato!!

Miguel,
SL

Félix disse...

No FM 2010 é uma máquina.

saudações