sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Uma nova era no Sporting


É de facto verdade que, numa altura em que se abre uma nova era no futebol do Sporting, se torna importante e determinante para o futuro do clube que exista uma total união entre todos os sportinguistas.

O presidente do Sporting, José Eduardo Bettencourt (JEB), tem sido bastante criticado pela postura e pelo discurso que recentemente escolheu para reagir a determinadas situações. Estas críticas, que partiram do interior do clube, foram obviamente exploradas até à exaustão pelos nossos adversários.

Parece-me também evidente, e por muito que não seja do agrado de alguns sportinguistas, que JEB concorreu às últimas eleições e ganhou (independentemente dos números), de forma democrática, a legitimidade para dirigir os destinos do clube no presente mandato. Quem não concordar com o rumo traçado por JEB durante este período terá sempre a possibilidade de, no final do mesmo, elaborar uma lista e apresentar as suas ideias aos sócios do clube.

Relativamente ao recente discurso de JEB, tenho um elogio e uma crítica/pedido a fazer ao presidente do Sporting:
  • Estou totalmente de acordo com a reacção de JEB e com as suas últimas declarações. Para mim, e independentemente de se dizerem sportinguistas, orcs ou corruptos, quem ofende de forma tão primária e gratuita um presidente do Sporting (independentemente do seu nome) e arremessa pedras contra o nosso Estádio José Alvalade só pode ter uma, e uma só, resposta!
  • Por outro lado, não concordo com a forma demasiado simpática como JEB se tem relacionado com as diferentes personagens do futebol português. Numa sociedade e numa área (futebol) onde se perderam os valores, onde não existe respeito pelo próximo e onde todos os atropelos à ética e à verdade são aceites com bastante naturalidade, os dirigentes do Sporting não podem, de facto, continuar a lidar com esses ANORMAIS como o têm feito até aqui. Nesse sentido, espero e desejo que JEB utilize esse mesmo discurso corajoso e guerreiro para o exterior do clube!
Temos todos, dirigentes e adeptos, de começar a rugir mais para fora do que para dentro do clube! Definitivamente, todos juntos seremos sempre e muito mais fortes!

Viva o Sporting Clube de Portugal!

5 comentários:

Abílio Guerreiro disse...

Nem mais!!! Os ANORMAIS estão é fora do SCP!!! Vamos todos mas é combater esses mafiosos!!! SL

João G Torres disse...

Sem dúvida! Esta mania auto-destrutiva de alguns adeptos que não percebem o que é ser Sportinguista tem de acabar!

Apenas não concordo com a parte sobre a forma como o JEB se dirigiu para o interior do clube. Um presidente deve ser magnânimo e superior e não cair na esparrela de ter discussões com apenas um sócio, como aconteceu. Este é o único reparo que tenho a fazer ao novo presidente.

De resto, lá estarei a aplaudir o Sporting, sempre. O que espero é que os jogadores e a nova equipa técnica compreendam o que é vestir aquela camisola e dêem tudo em campo. Se o fizerem e tendo em conta o seu talento penso que as vitórias surgirão naturalmente!

Viva o Sporting!

Sporting até morrer disse...

Peyroteo,

Completamente de acordo com a necessidade de voltar a unir todos os sportinguistas.

No entanto, JEB tem de moderar o seu discurso e sobretudo medir as suas palavras, pois o alcance de certos discursos é muitas vezes excedido.

As suas palvras afectam muitas vezes o normal sócio ou adepto sportinguista que não se revê nesses discursos inflamados.
Esse dicursos são bons para o outro lado da segunda circular, mas NÃO para o NOSSO SPORTING.

JEB tem a segunda oportunidade para mostrar traballho, e terá o meu apoio novamente!

SL

Peyroteo disse...

Sporting até morrer,

Quando diz que "esses dicursos são bons para o outro lado da segunda circular" estamos completamente de acordo. Eu referi isso mesmo no post.

Agora vamos imaginar que era presidente do Sporting e, a determinada altura, aparecia um grupo de indivíduos a arremessar pedras contra o nosso Estádio e a tentar invadir o mesmo. Como procederia? Eu, eventualmente, reagiria da mesma forma que o JEB... Mas ok, isso também já é passado.

Vamos ultrapassar essa questão, apoiar a nova estrutura do futebol e, todos juntos, combater os adversários e alguns inimigos que por aí andam!

Saudações leoninas

Anónimo disse...

Talvez o pior presidente da nossa já longa história.
Rídiculo, acima de tudo preocupante, o homem está completamente à nora, não sabe o que diz e muito menos o que faz ou o que era suposto fazer.